Leitores, desculpa a demora monumental. Esperamos que isso não prejudique a leitura dos episódios. Estamos trabalhando na estrutura para que isso não se repita.

Para ler o episódio, clique aqui.

Para baixar o .pdf, clique aqui.

Acreditar em alguém é um processo que exige, acima de tudo, confiança. Não se acredita
sem confiar. Acreditamos em nossos pais, pois confiamos que eles nos amam de verdade e
incondicionalmente. Acreditamos nas pessoas que amamos, pois elas juram que ficarão ao
nosso lado na saúde e na doença, na alegria e na tristeza.

Mas, ao lado da confiança, vem a dúvida. Cruel e avassaladora, que não poupa esforços para
destruir a primeira, numa guerra sem fim.

Em quem acreditar? Em quem confiar? De quem esperar confiança?

Vocês vão saber agora, no 5º episódio da 3ª temporada.

Aproveitem.

Edízio Andrade

Anúncios

Para ler o episódio, clique aqui.

Para baixar o .pdf, clique aqui.

Leitor, nós já nos conhecemos há algum tempo… Dois anos e meio. Dois anos e meio! (alguns menos, mas não importa) Quando se fala (ou se lê) parece que fica mais… Verdadeiro.

Você, leitor, nos acompanha e nos aceitou como seu legítimo autor, nós viemos aqui, pedir o seguinte favor: leia-nos nos episódios tristes e felizes, nos episódios interessantes e até nos mais chatinhos. Comente, sugira, ria e chore com a gente na alegria e na tristeza até que o “The End” nos separe.

Pelo poder em nós investidos pela criatividade, eu nos declaro autor e leitor.

Filipe, Poliana e Samara Andrade.

Para ler o episódio, clique aqui.

Para baixar o .pdf, clique aqui.

“It’s not what I didn’t feel, it’s what I didn’t show”, diz a música Misery, do Maroon 5. É exatamente nesse clima que o episódio Seja Sutil e Saia Empurrando se baseia. O mundo seria tão mais simples se nós colocássemos para fora com clareza os nossos sentimentos, não seria? Mas não é assim que funciona. Volta e meia, preferimos não mostrar nossas impressões ou direcioná-las de maneiras curiosas.

No universo dos Andrades, alguns desenvolvem a árdua capacidade de notar as sutilezas das expressões, enquanto outros têm dificuldades em perceber o que está passando. Tomás tem que entender o caos emocional de Caio, enquanto Rebeca exercita sua habilidade de sedução por entrelinhas. Sara e Carol enfrentam os muros construídos em sua relação e Júnior tenta acalmar os ânimos com despedidas de solteiro.

Rodrigo Andrade.

Para ler o episódio, clique aqui.

Para baixar o .pdf, clique aqui.

 

As reações humanas quando se deparam com o risco da perda de alguém que se ama são distintas. Umas tentam de todas as formas se certificarem que está tudo organizado e sendo cuidado. Outras se afastam na tentativa de se proteger de uma dor maior. Ainda tem os que se sentem culpados, ou não sabem como agir. Não existe certo ou errado, bom ou ruim, mas sim emoções e sentimentos distintos e os Andrades precisam se entender quanto à nova dinâmica da família. E ao mesmo tempo devem cuidar de suas vidas e seus afazeres.

 

Poliana Andrade.

 

Para ler o episódio, clique aqui.

Para baixar o .pdf, clique aqui.

 

O primeiro episódio da nossa última temporada é bastante especial. Nós
tomamos algumas liberdades na hora de escrevê-lo, então pedimos que
você, leitores fiquem bastante atentos para compreendê-lo melhor.
Algumas cenas, digamos, não acontecem por aqui…

Ela disse adeus gira em torno de nossa querida Nora e carrega uma
reflexão de todos os acontecimentos dos últimos dois anos. No caso dos
outros Andrades, e por Andrades eu aqui incluo todas as nossas
personagens, o episódio reserva o vislumbre do inesperado, porém
inevitável: um dia, Nora não estará mais aqui. Como cada um lidará com
essa possível realidade representa a relação de cada um com ela, que é
a grande referência de suas vidas, mais ainda, serve de janela para a
sua própria identidade.

É um dos nossos episódios prediletos. Esperamos que seja um dos de vocês também.

Filipe e Rodrigo

Para ler o miniepisódio, clique aqui.

Para baixar o .pdf, clique aqui.

Chegou o segundo e último miniepisódio! Já imaginaram o que acontece na Barbosa Lima quando Carlos não está por perto? Pois é, respondemos isso para vocês. Lembrando que o primeiro episódio da terceira e última temporada estreia amanhã! Não percam! E divirtam-se lendo Secretári-ô!