Sneak Peek 2

Sara: Desligou na minha cara, pode isso?

Saulo: Ele não vem?

Sara: Não. O que um almoço tem de mais? Não pode comer e voltar? Tem que fazer alguma coisa depois? Será que ele não percebe que não é o momento para ficar disperso? Ah! Isso me irrita!

Saulo: Vamos começar, então! Sara, analisei o quadro que o Guilherme nos deixou. As dívidas são grandes e precisamos pagá-las, pois corremos o risco dos parceiros pararem com o fornecimento.

Sara: Eu sei… eu estava analisando o patrimônio da família. Acho que vamos ter que vender alguns bens.

Saulo: Eu acho que tenho outra solução.

Sara: Qual? – pergunta, desacreditada.

 

Saulo: Ainda é muito incerto, mas eu recebi a proposta de uma fusão com uma outra livraria. Maior que a nossa.

Sara: Fusão… – pensa – pode ser uma boa saída, nos deixaria maiores, pagaríamos as dívidas…

Saulo: Porém perderíamos o poder de decisão sobre muitas coisas.

Sara: É, eu sei. Qual a livraria?

Saulo: A Midas.

Sara: Uma proposta e tanto. Mas precisamos ver o que o Tomás acha. Você não…

Saulo: Eu sei, eu sei. – interrompe – Espere um pouco para ver se precisaremos mesmo vender bens, acho que pode ser precipitado.

Sara: Tudo bem. Mas…

Saulo: Ficamos por aqui? – interrompe de novo

Sara: Pode ser, não íamos decidir muita coisa sem o Tomás mesmo.

Saulo: Ótimo, eu também preciso sair.

Sara: Todos os homens dessa família resolveram aflorar a sua vida social hoje. – diz irônica.

Sneak Peek 3

Tomás: Já sei…

Tomás puxa Carlos pela mão e os dois entram na loja. Júnior não entra, enquanto Tomás e Carlos abordam uma vendedora.

 

Tomás: Você poderia ver se tem um número maior… é… dessa camisa? – diz, pegando uma peça qualquer.

 

Vendedora: Claro!

A vendedora se vira e Tomás empurra Carlos para dentro do provador feminino.

 

Carlos: Você tá louco???? – diz, cochichando, e tentando sair do provador.

 

Tomás: Vai! Procura a Vitória! – diz, empurrando Carlos de volta para dentro do provador.

 

Carlos: Eu não vou fazer isso, Tomás!

Tomás: A vendedora está voltando. Vai logo!

Carlos: Droga…

Carlos começa a procurar pelos provadores, se abaixando para achar Vitória. Quando olha para o lado, vê as pernas de uma mulher entrelaçadas às de um homem num dos provadores.

 

Carlos: Jesus… – diz, se aproximando do provador para ver quem estava lá dentro.