novembro 2009


Para ler o episódio, clique aqui.

Para baixar o arquivo em .pdf, clique aqui.

Não sei se vocês já repararam que no Verão, por exemplo, as pessoas tendem a ficar mais sensuais, aquele clima de praia, piscina, pessoas semi-nuas? Já repararam como a Sara ta na seca? Pois é…

Não sei se vocês já repararam que na estação seguinte, o Outono, ocorre aquela coisa de calmaria, serenidade? Já repararam como o Carlos tá um caos internamente? Pois é…

Não sei se vocês já repararam como no Inverno, as pessoas ficam com uma tendência a se fechar, se esconder naquele monte de roupa? Já repararam como está tensa a situação entre Nora e Carol? Pois é…

E, pra terminar, não sei se vocês já repararam que a Primavera tem todo aquele clima de coisas novas desabrochando, experiências tentadoras? Já repararam como o Tomás tá meio entediado com seu casamento? Pois é…

E assim se dão as Quatro Estações, formando um ciclo que não termina. Cada Andrade em uma fase desse ciclo. Espero que gostem.

Rodrigo Andrade

Sinopse: A editora de Vera e Saulo é lançada e todos os Andrades são convidados. Nora, Carlos e Carol enfrentam as conseqüências da briga na homenagem a Guilherme. Sara descobre emoções muito novas, muito mais novas do que ela. Tomás termina seu tratamento de fisioterapia e Júnior e Rebeca levam seus respectivos relacionamentos amorosos a outro nível.

 

Sneak 1:

Júnior: “A Editora Quatro Estações te convida para a festa de lançamento da empresa…” Uau! Que chique esse convite! Chamou todo mundo?

Saulo: Sim. Só a sua mãe que não vai receber o convite…

Júnior: Tio Saulo… Por quê? – Ele interrompe.

Saulo: Calma! Ela será convidada, mas a Vera fez questão de entregar o convite pessoalmente. Por isso queria pedir para você falar com seus irmãos para eles não contarem para ela.

Júnior: Tio, você sabe que eu não tô realmente falaaaando com eles.

Saulo: Mas você é o mais próximo de mim. Sara e Tomás ainda estão chateados comigo por causa das minhas propostas à Papier e Carol e Carlos eu mal encontro.

Júnior: Tem Rebeca.

Saulo: Ela não tem tanto contato com eles também, nem intimidade. Faça como você quiser… Se quiser terceirizar com Rebeca…

Júnior: Não, tudo bem. É coisa pequena.

Os dois ficam em silêncio por um tempo, sentados. Saulo lendo jornal e Júnior tomando café. Saulo então abaixa o jornal.

Saulo: Você não acha que isso tá durando demais?

 

Sneak 2:

Sara havia chegado um pouco mais cedo à faculdade, pois havia ido direto da Andanças. Ao chegar, pediu um café na lanchonete da faculdade e sentou em uma das mesas, observando os jovens conversando, fazendo trabalhos, comendo… Ela, então vê Arthur, o seu mais novo aluno passar por ela. Quando os olhares se encontram, ele dá uma piscadinha. Ela desvia o olhar.

Começa a se lembrar do que Gabriel lhe disse mais cedo sobre arranjar um namorado, e começa a prestar atenção nas meninas. Uma delas estava paquerando um dos garotos de sua sala. A menina balançava o quadril, mesmo que parada, alternando as poses. Passava a mão pelo cabelo comprido e bem tratado e fazia bico, rindo alto sempre que ele falava, por mais sem graça que fosse. Ela então fica pensativa.

 

Sneak 3:

Carol: De qualquer jeito, estávamos falando…

Tomás: Sobre o seu vexame na homenagem ao papai. – Ele diz rindo.

Carol: Então, foi por isso que eu te liguei. Você foi o último a ter uma briga com a mãe e um irmão ao mesmo tempo. E, no fundo a gente é muito parecido.

Tomás: Não acho. Você é prolixa e desastrada. Eu sou o atleta e esbelto da família.

Carol: Tão atleta que tá com dor de velho. De qualquer jeito, nos dias depois eu continuava brava com a mamãe, porque você sabe, ela facilita.

Tomás: Realmente…

Carol: Mas agora, de uns dias pra cá, tenho me sentido meio mal, com consciência pesada. Acho que fui muito dura com ela.

Tomás: Olha. Ela fez tudo errado, mas você poderia ter sido um pouco mais leve com ela. Mas esquece, daqui a pouco ela esquece isso e fica tudo bem.

 

Para ler esse episódio, clique aqui.

Para baixar o .pdf, clique aqui.

 

Intrigas de um leitor

 

Ui, você viu as sneaks do novo episódio do Em Família? Tipo, vai rolar uma homenagem para o Guilherme! E isso vai mexer com os nervos de todo mundo! Aposto que Nora e Carol vão brigar. Aquelas duas… Elas não admitem mas são idênticas. Duas cabeças-duras. E o Tomás? Finalmente fez as pazes com o Júnior. Aquele monstro! Eu ainda não o perdoei por ter contado que o Júnior é adotado. E nem vou. Não tão cedo. Mas a reconciliação foi linda. Quero ver como vai ficar a relação deles daqui para frente. Ah, e desde quando o Carlos ficou tão chorão? Acorda, criatura! E daí que o Sérgio te largou? Bola para frente! Essa terapia vai fazer um bem para ele. Tenho certeza. Aliás, todo mundo ali precisa fazer uma, né? Vamos falar sério. Ah! Será que a Rebeca vai ser demitida? Uh… Que suspense, hein? Aposto que se for, ela larga a faculdade. E falando em largar a faculdade, eu entendo perfeitamente que a Sara gosta de trabalhar, mas assim ela vai surtar, minha gente! Opa! Já postaram o episódio novo!!! Maravilha! Será que eu estava certo?

 

Filipe Andrade

Sneak peak 2

Rebeca entra sem bater e vê Carlos e Guilhermina apertando as mãos. Ao notarem a presença dela, Guilhermina a olha com desprezo e Carlos, assustado.

Carlos: Rebeca, o que aconteceu?

Guilhermina: O que aconteceu é que ela está demitida.

Sneak peak 3

Nora fica olhando o painel enquanto os outros se afastam. Um momento depois, Vera chega.

Vera: Boa noite.

Nora vira-se. As duas ficam num silêncio constrangedor. Nora não a queria ali e pensava numa maneira de pedir que ela fosse embora, delicadamente. Vera não imaginava encontrar Nora ali, tão perto. Ela também não sabia o que fazer e pensava em desculpas que justificassem a sua presença ali.

Nora: O que você está fazendo aqui?

Vera: Eu recebi o convite. Tenho o direito de estar aqui tanto quanto você. Com licença.

Sinopse: Uma homenagem a Guilherme abala os Andrades, trazendo a luz velhos sentimentos e servindo de estopim para novas revelações e novos problemas.

Sneak peak 1

Carol: O que é isso? Um convite?

Nora: Convite?

Carol: É. Veio um pra mim, um pra você e um pro Júnior.

As duas abrem seus convites juntas.

Carol: É do… Ágora?

Nora: E da Prefeitura!

E os olhos das duas iam se arregalando a medida que iam lendo. Nora vira-se com raiva para a filha.