• Roteiristas/Produtores/Marketeiros/Web-designers/Faxineiros/Faz-tudo’s

Edízio Santos Filho Andrade tem 20 anos completados em abril e mora em São Luís (MA). Ele e a Samara são os nordestinos arretados da família. Seriedade e Edízio são duas palavras que não habitam a mesma frase. Escrever é um hobby e um sonho futuro. Em se tratando de música, não vive sem Amy Winehouse, Joss Stone, Céu, Vanessa da Mata e achou uma perda irreparável a morte de Cássia Eller. Vê, discute e escreve novelas também, apesar de achar que depois de Janete Clair, não há nada igual. Quanto a séries, não é um completo viciado como suas irmãs Andrades, e além de Brothers and Sisters, não passa a semana sem ver ou rever Desperate Housewives, The Best Years, Gossip Girl, Do not disturb e Heroes!

Fábio Camargo Andrade é o irmão-autor que mora mais longe. Nasceu em São Paulo, mas está em Viena, na Áustria, estudando alemão. Tem 27 anos, é formado em Turismo, adora cinema, viajar, sair e beber com os amigos. É engraçado, meio reservado, impulsivo e sofre por não estar podendo acompanhar a terceira temporada de Brothers & Sisters, mas sofre na Europa.

Filipe Freitas Andrade, 18 anos, estudante de Letras e Administração. Mora em Silva Jardim, RJ, onde não se tem muito o que fazer. Ouve música o dia inteiro, é viciado em séries de TV, principalmente em Brothers & Sisters, e lê bastante também. É crítico, é preguiçoso, e gostaria de ser mais organizado. Adora ler resenhas. Nunca escreveu, até começar o Em Família e está adorando a experiência.

Maria Samara Andrade, mora em Fortaleza/CE, mas vive num universo paralelo com pitadas de Amy Sherman Palladino e Aaron Sorkin. É sarcástica como o Carlos, paranóica como a Carol, sensível como a Sara, tranquila como o Ferdi, sistemática como a Nora e sonhadora como o Júnior. Gosta de ler, de livros a pensamentos. Também gosta de escrever, por isso está por aqui. MPB e rock, acústicos e valvulados em bom som (não necessariamente alto). Assiste a zilhões de séries, mas nutre um carinho especial por Brothers & Sisters.

Poliana Jorge Andrade, 26 anos, jornalista. Como boa mineira, é bastante desconfiada. Metade das vezes é realista, na outra metade, uma sonhadora incorrigível. Gosta de ler e escrever. Música é uma paixão, foi criada escutando Roberto Carlos e sua Jovem Guarda, se apaixonando por Chico Buarque, passando pela diva da MPB Elis Regina, dançando com o rock de Elvis e dos Beatles, balançando com o forró de Luiz Gonzaga até chegar ao samba de Pixinguinha e Cartola. Gosta de política, adora futebol e vôlei, tenta ver jogos sempre que possível, na TV ou no estádio/ginásio. Cinema é uma diversão. Séries de TV são um hobbie, algumas vezes chega a ser inspiração. Foi através de algumas séries que fez ótimos amigos, inclusive estes que estão tocando esse projeto.

Rodrigo Sérvulo Andrade é o caçula dos autores, com 17 anos completados em setembro. Terminando finalmente o último ano do Ensino Médio, pretende cursar Relações Públicas em breve. É virginiano, logo realista, porém confortante para os outros. Muito simpático e leal, de vez em quando é meio fofoqueiro, mas todo mundo tem um defeito. Parece meio convencido. Gosta de ouvir quase tudo, principalmente rock (daqueles de verdade, de preferência antigos) e pop… Costuma não gostar do que fica no meio desses dois. Adora ler, desde gibi da Turma da Mônica à bula de remédio. Não é muito ligado à esportes, mas procura saber de tudo um pouco, sendo super interessado em assuntos globais. Quanto à televisão… Representa basicamente seriados. Sendo viciado mesmo somente em Lost e Brothers & Sisters, assistindo a outras esporadicamente. Escrever sempre foi um hobby, e agora se envolveu nesse projeto com o resto dos seus irmãos Andrade.

  • Consultor Especial

Wendell dos Reis Veloso só não é autor também por problemas pessoais que pediram o afastamento dele do projeto. Porém, foi proibido pelos autores a se retirar completamente e agora atua como um consultor especial, uma espécie de teste de qualidade dos episódios. Ah, para variar, é viciado em seriados, tendo como maior vício Grey’s Anatomy, Queer as Folk, Six Feet Under e Brothers & Sisters.

Anúncios